06 de dezembro de 18 by MASTER LEADER

As competências essenciais do profissional de T&D

 

Em uma economia que apresenta grandes mudanças no ambiente empresarial, as empresas precisam de constante renovação para que possam manter a sua competitividade. Quando tecnologia, produtos e sistemas são facilmente copiados, são as pessoas que poderão oferecer um desempenho superior e sustentável para as organizações.

Nesse contexto, a área de treinamento e desenvolvimento passa a ser uma vantagem diferenciadora da empresa, podendo tornar-se um fator competitivo para a organização, o que, exige uma compreensão maior da relação entre a estratégia de negócio e a de desenvolvimento humano. Para isso os profissionais de treinamento e desenvolvimento precisam compreender quais são as competências essências que devem desenvolver para que possam buscar soluções mais efetivas, agregando valor para a estratégia organizacional.

O termo competência está relacionado com a aptidão para cumprir determinada tarefa ou função. Ela é composta por conhecimentos (saber conceitualmente), habilidades (saber fazer) e atitudes (saber agir), que permitem que um profissional entregue resultados e agregue valor para a organização. Existem diversos autores que sugerem que um profissional de sucesso deve desenvolver competências técnicas e comportamentais. As competências técnicas são aquelas adquiridas por meio de educação formal, treinamentos e experiências profissionais ao longo da carreira. Estão mais voltadas para o conhecimento que o profissional apresenta sobre uma área específica. Já as competências comportamentais estão relacionadas com as habilidades e o perfil de comportamento da pessoa. Estas também podem ser aprimoradas por meio de treinamentos e pela busca de desenvolvimento pessoal.

Um profissional de treinamento e desenvolvimento que deseja construir uma carreira de sucesso deve compreender quais são as competências técnicas e comportamentais relevantes para a sua área, podendo desta forma entregar valor para a organização em que atua. Com a incerteza econômica, globalização e virtualização do trabalho, é preciso repensar os projetos de treinamento e desenvolvimento e rever as competências necessárias para o sucesso da área, para que seja possível manter a vantagem competitiva do profissional e da organização. Pesquisando artigos, escolas de negócio e conversando com profissionais especialistas da área, foi possível identificar 10 áreas de conhecimento técnico que o profissional de T&D deve adquirir para que consiga ter uma entrega efetiva. São elas:

Assista aqui um vídeo sobre as 10 principais competências, mapeadas pelo Fórum Econômico Mundial, a serem desenvolvidas pelos profissionais até 2020.

1.     Estratégia de Negócio: entender o contexto do mercado no qual a organização está inserida. Compreender quais os desafios que a empresa precisa superar. Alinhar programas de treinamento e desenvolvimento que auxiliam a organização a alcançar as suas metas e objetivos.

2.     Facilitação de Treinamento: capacidade de facilitar discussões em grupos focais, realizar sessões de aprendizagem em sala de aula, seminários e workshops. Conhecer técnicas que facilitam o engajamento, aprendizagem e retenção do conhecimento.

3.     Design de Treinamento: construção de uma experiência completa de programas de treinamento e desenvolvimento que vão desde a capacidade de fazer um diagnóstico inicial, levantar as principais necessidades de T&D, desenhar programas efetivos, dar apoio para a transferência da aprendizagem e avaliar os resultados no final.

4.     Tecnologia de aprendizagem: entender como construir programas de educação à distância, utilizando plataformas virtuais, que geram engajamento e aprendizagem. Utilizar ferramentas contemporâneas de ensino como a gamificação, e-learning, chats e salas virtuais. Estimular uma cultura de conectividade e colaboração por meio do mobile e redes sociais.

5.     Gestão de performance: compreender os fatores que maximizam a performance de um colaborador. Saber acompanhar indicadores e métricas de resultado, utilizando-as para as decisões de programas de treinamento e desenvolvimento.

6.     Cultura Organizacional: saber desenhar uma cultura organizacional que esteja alinhada com a estratégia do negócio. Saber envolver o time de líderes e colaboradores no processo, garantindo desta forma a implementação efetiva de uma nova cultura. Conduzir programas de gestão de mudança.

7.     Coaching Executivo: utilizar o coaching como uma ferramenta de suporte para a maximização da performance de colaboradores, líderes e equipes. Criar uma cultura de aprendizagem contínua dentro da organização.

8.     Team Building: construir equipes de alta performance. Integrar áreas e departamentos para que gerem resultados mais eficientes. Criar uma cultura cooperativa entre os colaboradores da organização.

Saiba mais sobre Team Building.

9.     Desenvolvimento de Liderança: entender como desenhar programas de desenvolvimento para os diferentes níveis da organização. Criar e disseminar um modelo de liderança que dê suporte à estratégia da empresa.

Leia também sobre Propósito e Desenvolvimento de Liderança.

10. Gestão do conhecimento: saber fazer curadoria de conteúdo, gestão da informação e construir comunidades de aprendizagem, utilizando o conhecimento que já está presente dentro da organização. Estimular a aprendizagem contínua por meio de canais formais e informais de informação.

As competências técnicas são essenciais para que um profissional consiga exercer a sua função, e estas precisam ser somadas às competências comportamentais para que haja uma entrega efetiva. Existem diversas competências comportamentais que um profissional de T&D deve desenvolver. No entanto, as pesquisas mais recentes têm destacado 4 delas, como sendo primordiais para que o profissional de T&D consiga agregar valor para a empresa, sendo estas:

a.       Visão Sistêmica: compreender como integrar a gestão de talentos com a área de T&D para que esta esteja alinhada com todos os processos e sistemas que criam capacidade organizacional, proporcionando uma maior contribuição da área de T&D.

b.       Relacionamento Interpessoal: ser um parceiro de negócio que alinha as suas atividades com as estratégias organizacionais e metas e objetivos do negócio. Os profissionais de treinamento e desenvolvimento trabalham em estreita colaboração com a equipe de recursos humanos, envolvendo a liderança para implementar a aprendizagem em todos os níveis dentro da organização.

c.        Aprendizagem contínua: estar atualizado com as novas tecnologias que vêm transformando o ambiente de aprendizagem. Consiste na compreensão da teoria e técnicas de aprendizagem de adultos, tendências e métodos de treinamento e melhores práticas para incentivar a participação dos colaboradores no processo de desenvolvimento.

d.       Foco em resultado: demonstrar o valor e impacto do T&D utilizando métricas que são relevantes para os negócios, utilizando dados para mensurar a efetividade e eficiência da aprendizagem e desenvolvimento. Antecipar as necessidades de T&D, contribuindo para que o desenvolvimento ocorra nas áreas mais relevantes para as organizações.

Com isso, é possível desenham um modelo de competências técnicas e comportamentais para o profissional de T&D. Compreender esse modelo é extremamente relevante para os profissionais de T&D que buscam aprimorar os seus conhecimentos, habilidades e comportamento para darem suporte a estratégia de negócio. Além disso, esse modelo pode auxiliar no processo de recrutamento, seleção, avaliação e desenvolvimento de profissionais na área de T&D.

Para se tornarem relevantes dentro das organizações, profissionais de T&D devem identificar quais dessas competências eles precisam desenvolver e a partir disto, construírem o seu plano de ação. Isso permitirá que esse profissional entregue mais valor para a organização e com isso consiga construir uma carreira de sucesso.

 

Programa ProMind: o segredo para ter uma vida plena
Detalhes do curso
Programa ProMind: o segredo para ter uma vida plena

Todos nós buscamos construir uma carreira de sucesso, melhorar os nossos relacionamentos interpessoais e obter maior qualidade de vida. Para isso, precisamos aprender mais sobre o nosso funcionamento interno.
Saiba mais sobre o curso aqui

* Podemos entrar em contato via e-mail e ou telefone.

Inscreva-se
Aguarde, estamos enviando.
Entraremos em contato em breve!
Erro ao enviar.

Todos nós buscamos construir uma carreira de sucesso, melhorar os nossos relacionamentos interpessoais e obter maior qualidade de vida. Para isso, precisamos aprender mais sobre o nosso funcionamento interno.
Saiba mais sobre o curso aqui

ILT – Inner Leader Training: expandindo o seu potencial
Detalhes do curso
ILT – Inner Leader Training: expandindo o seu potencial

Este curso é um processo profundo de autoconhecimento, no qual o participante irá identificar as suas programações internas e as estratégias potencializadoras e limitantes que utiliza em sua vida profissional e pessoal, aprendendo ferramentas que o ajudarão a alcançar os objetivos que deseja, tonando-se líder de si mesmo.
Saiba mais sobre o curso aqui

* Podemos entrar em contato via e-mail e ou telefone.

Inscreva-se
Aguarde, estamos enviando.
Entraremos em contato em breve!
Erro ao enviar.

Este curso é um processo profundo de autoconhecimento, no qual o participante irá identificar as suas programações internas e as estratégias potencializadoras e limitantes que utiliza em sua vida profissional e pessoal, aprendendo ferramentas que o ajudarão a alcançar os objetivos que deseja, tonando-se líder de si mesmo.
Saiba mais sobre o curso aqui